CORUJINHA

Pegue este efeito no Site Tony Gifs Javas

sábado, 17 de março de 2012

DIA DO BIBLIOTECARIO


     No último dia 12 de março comemoramos o dia do Bibliotecário. Ele que é um profissional cujo exercício da ocupação requer bacharelado em Biblioteconomia. O profissional desta área desenvolve suas funções com as informações e a torna acessível ao usuário. Ele pode trabalhar em bibliotecas, centros de documentação e pode gerir redes e sistemas de informações, além de gerir recursos informacionais e trabalhar com tecnologia de ponta.
     Esta data comemorativa foi instituída pelo Decreto nº 84.631, de 12 de abril de 1980, data do nascimento do bibliotecário, escritor e poeta, Manoel Bastos Tigre.
     Bastos Tigre, como era mais conhecido,  foi Engenheiro e Bibliotecário por vocação nascido em 1882 e formando-se em Engenharia. Quando viajou para os Estados Unidos conheceu o bibliotecário Melvil Dewey, que instituiu o Sistema de Classificação Decimal, decidindo, a partir daí, a largar engenharia e trabalhar com biblioteconomia.

     Prestou concurso para ingressar no Museu Nacional do Rio de Janeiro como bibliotecário, sendo ele o primeiro bibliotecário concursado do Brasil. Em 1945 foi transferido  para a Biblioteca Nacional, onde ficou até 1947, assumindo depois a direção da Biblioteca Central da Universidade do Brasil.
     Para a sociedade, Bastos Tigre trouxe grande contribuição social e cultural para o Brasil, por isso, nada melhor do que a data de seu nascimento para celebrar o dia daqueles que comungam o mesmo objetivo: disseminar informação e conhecimento a fim promover o desenvolvimento cultural e social do país.

   E é com grande satisfação que o blog eribertomonteiro.blogsport.com.br fez uma entrevista com Socorro Matos, profissional dos livros da Biblioteca Municipal Ney Pontes Duarte desde 2005 e tem uma dedicação incomum. Ela faz parte de um grupo de poucos profissionais que ama o que faz e não impõe limites a sua função. Gente fina que merece toda homenagem e respeito a quem frequenta aquela casa do conhecimento. Com vocês, Maria do Socorro Cunha de Matos que a chamamos carinhosamente: dona Socorro Matos.
Blog eribertomonteiro: Quanto tempo à senhora na trabalha na função de Bibliotecária?
Socorro Matos: 33 anos de idade bem trabalhado.
Blog eribertomonteiro: Já esteve à frente de outras instituições como bibliotecária?
Socorro Matos: Sim. Duas bibliotecas.
Blog eribertomonteiro: Qual a maior prazer que a senhora tem na função ?
Socorro Matos: Contribuir com o desenvolvimento do país com dedicação pelo trabalho e respeito pelo outro.
Blog eribertomonteiro: Os fracassos ou tristezas pode fazer parte de qualquer profissão. Na sua vida profissional, a senhora destacaria alguma tristeza ?
Socorro Matos: Gostaria muito que os usuários utilizassem os acervos das bibliotecas com maior respeito aos livros, não rasgando, não destruindo e cumprindo com os prazos de empréstimo. Lembrar sempre que o livro que está em suas mãos pode ser utilizado pelo outro. Testemunhar a falta de compromisso de alguns usuários é a maior decepção que eu tive nestes últimos anos de exercícios na função.
Blog eribertomonteiro: Dando uma dica para quem está nos lendo, a senhora tem alguma diga de leitura ?
Socorro Matos: Dois livros que jamais podemos deixar de ler: Os Sertões, de Euclides da Cunha e Casa Grande e Senzala, de Gilberto Freire.
Blog eribertomonteiro: O que a levou escolher Biblioteconomia ?
Socorro Matos: Facilidade de lidar com a informação e interesse em interagir com pessoas.
Blog eribertomonteiro: Para quem quer seguir carreira a senhora tem algum conselho para seguir na profissão?
Socorro Matos: Interesse humanista e muito entusiasmo. Procurar ler bastante e se atualizar diariamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário